Oswaldo Montenegro | Celebrando 50 anos de Estrada

Show
  • Ingressos de R$ 70.00 a R$ 820.00

  • Cine Theatro Central
    Praça João Pessoa, S/N - Centro - Juiz de Fora/MG

  • Classificação Indicativa: Livre.

Oswaldo Montenegro | Celebrando 50 anos de Estrada

Show
  • Ingressos de R$ 70.00 a R$ 820.00

  • Cine Theatro Central
    Praça João Pessoa, S/N - Centro - Juiz de Fora/MG

  • Classificação Indicativa: Livre.

  • Abertura das Portas: 19:30
    Início do Evento: 20:00

Selecione a data

Selecione o horário

Oswaldo Montenegro – Nova turnê

“Celebrando 50 Anos de Estrada”

Interagindo com imagens de uma vida emocionante

 

 

Comemorando 50 anos de vida artística, Oswaldo Montenegro apresenta sua nova turnê em Juiz de Fora, dia 21 de setembro (sábado), às 20 horas, no Cine-Theatro Central. 

 

Neste emocionante e variado espetáculo, o público acompanha a trajetória de Montenegro, que durante todo o show, interage com imagens de sua vida e carreira projetadas num imenso telão. Além disso, é possível assistir ao Menestrel tocando simultaneamente mais de um instrumento, já que no palco, ao vivo, ele se reveza entre os violões de 6 e de 12 cordas e nas imagens aparece ao piano.

 

Dessa vez, sucessos como “Bandolins”, “A Lista”, “Lua e Flor”, “Intuição” e as recém-lançadas “Lembrei de Nós” e “O melhor da vida ainda vai acontecer”, estarão misturados às histórias e cenas virtuais, que revelarão as origens das canções, expondo segredos das inspirações e aventuras do artista.

  

O show conta ainda com a presença da eterna parceira de andanças, Madalena Salles, a flautista-irmã do Menestrel, a quem o imenso público que o segue passou a amar como alguém que fosse da própria família. Outro músico brilhante, o multi-instrumentista Alexandre Meu Rei, também comparece à festa.

 

Oswaldo Montenegro partiu para a estrada aos dezessete anos, onde fixou residência. Em suas constantes viagens, jamais parou de criar. Tornou-se um trovador contemporâneo que parece viver dentro da arte, num turbilhão de projetos de tirar o fôlego de quem o acompanha. Nessa comemoração dos cinquenta anos de estrada sem recuar um milímetro na feitura de sua arte, está a merecida consagração deste artista que marcou a cultura brasileira, traçando uma trajetória original, única e longeva, entrando definitivamente na alma de várias gerações.

 

 

 

 

OSWALDO MONTENEGRO – NÚMEROS:

 

45 álbuns e 7 DVDs (sendo 2 CDs de ouro e 1 de platina e 1 DVD de ouro).

 

Seguido por um público fiel, é um artista que há 50 anos lota, todos os anos, as mais conceituadas casas de shows do Brasil. 

 

Tem em seu canal do YouTube milhões de acessos. Ao todo, são mais de 160 milhões de visualizações em filmes e clipes sobre a sua obra. 

 

Como diretor e roteirista, foram 4 filmes de longa-metragem:

  1. “Léo e Bia” (2010), com Emilio Dantas, Paloma Duarte e grande elenco, sucesso de crítica e premiado.
  2. “Solidões” (2013), com Vanessa Giacomo, Renato Góes, Oswaldo Montenegro e grande elenco. 
  3. “O Perfume da Memória” (2016), premiado internacionalmente e com mais de 11 milhões de visualizações ao redor do mundo (filme legendado em inglês e espanhol).
  4. "A Chave do Vale Encantado" (2019), exibido no Festival de Cinema de Gramado e vencedor de 5 prêmios no Festival de Cinema dos Sertões: Melhor Filme, Melhor Trilha Sonora, Melhor Diretor, Melhor Figurino e Melhor Filme Voto Popular.

Além da série para o Canal Brasil: "De Sonhos e Segredos" (2 temporadas).

 

Criou e dirigiu mais de 20 peças musicais, das quais:  ** “Filhos do Brasil”: premiado em festivais de teatro. ** “Veja você, Brasília”, com Cássia Eller no elenco. ** "Noturno”: 30 anos em cartaz. ** "A Dança dos Signos": 7 anos em cartaz e mais de 1 milhão de espectadores contabilizados.

 

Possui mais de 40 trilhas sonoras para teatro, cinema, TV e balé.

 

Seu livro infantil, “O Vale Encantado”, foi premiado e indicado pelo Ministério da Educação e Cultura para ser adotado nas escolas do 1º Grau.

 

Yan Michalski, grande crítico do teatro brasileiro, escreveu uma longa crônica batizando sua estética nos espetáculos musicais de “Menestréis” (contadores de história).

 

Teve composições suas gravadas por grandes nomes como: Ney Matogrosso, Gonzaguinha, Zizi Possi, Glória Pires, Zélia Duncan, Zé Ramalho, Alceu Valença, Zeca Baleiro, Paulinho Moska, Belchior, Geraldo Azevedo, Renato Teixeira, Sandra de Sá, Marília Pera, Luiza Possi, entre outros.

REGRAS PARA MEIA-ENTRADA

 

Estudantes (Com Carteira de Identificação Estudantil)

 

Pessoas com deficiência, inclusive seu acompanhante quando necessário.

 

Jovens com idade de 15 a 29 anos de baixa renda inscritos no Cadastro Único Para Programas Sociais do Governo Federal (Mediante a apresentação da Identidade Jovem, acompanhada de documento de identificação com foto expedido por órgão público e válido em todo o território nacional)

 

Idosos e Terceira Idade (Cartão de Aposentado ou RG para maiores de 60 anos)

 

Professores Rede Pública (Holerite ou Documento que comprove)

 

Diretores, Coordenadores Pedagógicos, Supervisores e titulares de cargos do quadro de apoio das escolas das redes estadual e municipais, de acordo com a Lei Estadual 15.298/14.

 

(O direito ao benefício da meia-entrada é assegurado em 40% (quarenta por cento) do total dos ingressos disponíveis para cada evento)

Subtotal R$ 0,00